Terra de sombras

Contém Spoilers do 1º e 2º livros

"Terra de Sombras" é o terceiro livro da série, fazendo uma analise do que mais gostei, provavelmente esse ficou em ultimo lugar, neste livro Ever é irritantemente imatura, ela age por impulso tentando arrumar tudo de errado que aconteceu por causa das escolhas delas em "Lua Azul", mas  a infantilidade dela continua, e na minha opinião ainda pior que antes.

Para ler este livro eu tive que ter um tanto de paciência com os personagens, e na minha opinião é somente um livro a mais que poderia muito bem não existir na serie.

Sinopse: A terceira sequência da saga Os Imortais traz uma protagonista ainda mais confusa, perdida, insegura e teimosa. Ela consegue, em vários momentos, irritar o leitor, a ponto de parecer mais a vilã que a heroína, status, aliás, que é raro ela alcançar nesta trama. Mesmo assim, consegue até nos surpreender no final deste volume. Apesar de imortal e superdotada, Ever é simplesmente humana, como cada um de nós. 

Neste livro a personagem luta para encontrar uma forma de extrair do imortal Roman o antídoto do elixir que, em Lua Azul, ele produziu com o sangue de Ever, ao convencê-la falsamente de ser a única poção capaz de salvar a vida de Damen. Mas seu ferrenho adversário está decidido a exercer sobre ela a máxima pressão psicológica; com intensa ironia, a cada encontro de ambos ele lança ao ar fragmentos de um enigma que a protagonista não consegue decifrar.

Enquanto Ever procura desesperadamente por uma solução para seus problemas com Damen, ela inicia um trabalho de verão na livraria de Lina, satisfazendo assim sua tia Sabine e ao mesmo tempo conquistando a oportunidade de encontrar em alguma obra mística uma magia forte o suficiente para convencer Roman de seus propósitos.

Aí ela conhece Jude, o surfista que no momento substitui a proprietária da loja; é então que, inesperadamente, cria-se na história um inusitado triângulo amoroso. Paralelamente seu amado está ocupado em cuidar das gêmeas Romy e Rayne, as quais não podem mais voltar para Summerland depois que perderam, temporariamente ou não, seu poder mágico, exatamente no momento em que Ever, equivocadamente, cedeu aos argumentos de Roman e derramou seu sangue no elixir ingerido por Damen.

Sem poder tocar em seu amante milenar, por conta do feitiço de Roman; obrigada a dividi-lo com as antigas bruxinhas; confusa com os sentimentos que Jude lhe desperta; encantada com o Livro das Sombras, oculto em uma gaveta da livraria, Ever ainda tem que conviver com o fantasma da Terra das Sombras. Damen lhe revela, assim que confirma suas suspeitas, a existência de uma espécie de buraco negro onde os imortais mergulham quando suas almas morrem junto com seus corpos; nesta região eles permanecem para sempre.

Embora a trama pareça, a princípio, ser totalmente previsível, a autora consegue, em vários momentos, surpreender o leitor. Ela também aproveita a história para levar seu público a refletir sobre questões como o carma, o desprendimento dos bens materiais, a morte – aliás, praticamente a questão principal deste volume, senão da própria saga -, o papel da dor no desenvolvimento do ser humano, e a essência da arte verdadeira.

A mera referência a estas preocupações constantes da Humanidade já faz com que a leitura deste livro valha a pena, independentemente das inúmeras decisões irritantes e equivocadas da protagonista. É fundamental também a aula que Damen dá a Ever sobre a constituição energética do Universo e a forma como a energia vibra, produzindo ora matéria sólida, ora corpos mais sutis.

Para comprar é só clicar em um dos links: SubmarinoAmericanasFNACLivraria da Travessa ou Livraria Cultura

Nenhum comentário:

Postar um comentário