A menina que não sabia ler

Fazendo a resenha deste livro, em especial, vai ser difícil não fazer spoilers, isso porque o livro é mais do que surpreendente, na verdade eu ainda não sei o que dizer dele. 

Quando eu comprei ele eu achei que estava levando um livro tipo “A menina que roubava livros”, apesar de não ter lido ele por completo porque na época estava no colegial e o livro era emprestado, eu estava achando que as historias seriam bem parecidas, mas eu me enganando, e feio, mas não é culpa totalmente minha, ao ver essa capa e o nome é o que se imagina né. 

Eu ainda não sei dizer se eu gostei ou não dele, não que eu esteja na duvida que o livro seja bom, é que eu ainda estou digerindo a historia em si.

Florence é uma mocinha de 12 anos e cuida do seu irmão mais novo, Giles, desde que o pai morreu, como a madrasta dela, a mãe de seu irmão, foi embora da casa, ela faz tudo para que Giles fique bem e fique ao lado dela, mas de tudo mesmo, eles ficar sobre a tutela do tio, mas esse só faz questão de pagar as contas básicas da casa e além do fato de proibir terminantemente que a sobrinha não aprenda a ler, mas não exige mais nada. 

Pelo exato motivo de ser proibida de aprender a ler é que Florence vai em busca de aprender, como a governante não quer ensina-la por ordens de seu tio, ela descobre a biblioteca e aprende sozinha, os livros se tornam o seu refugio, o seu lugar seguro. 

A historia é normal ate que a preceptora chamada Srta. Taylor chega na casa, a partir dai coisas estranhas começam a acontecer e Florence perde o controle de tudo. 

É uma historia sombria, nada de ri muito ou coisas do tipo, em alguns momentos da medo, mas é muito bom de se ler, e provavelmente é por causa desse lado sombrio que a leitura se torna tão interessante.

Sinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e escura mansão, onde nada é o que parece, a pequena Florence é negligenciada pelo seu tutor e tio. Guardada como um brinquedo, a menina passa seus dias perambulando pelos corredores e inventando histórias que conta a si mesma, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia Florence encontra a biblioteca proibida da mansão. E passa a devorar os livros em segredo. Mas existem mistérios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Quem eram seus pais? Por que Florence sonha sempre com uma misteriosa mulher ameaçando Giles, seu irmão caçula? O que esconde a Srta. Taylor? E por que o tio a proibiu de ler? Florence precisa reunir todas as pistas possíveis e encontrar respostas que ajudem a defender seu irmão e preservar sua paixão secreta pelos livros - únicos companheiros e confidentes - antes que alguém descubra quem ousou abrir as portas do mundo literário. Ou será que tudo isso não seria somente delírios de uma jovem com muita imaginação?

Para comprar é só clicar em um dos links: SubmarinoAmericanasLivraria da Travessa ou Livraria Cultura

Um comentário:

  1. Sou doido para ler esse livro e fiquei com ainda mais vontade de ler após ler sua resenha. Parabéns, ficou ótima!

    Beijos, Romário.
    www.naomeentendamal.com.br

    ResponderExcluir