A mais pura verdade

Fiz a resenha das primeiras impressões deste livro para à pedido da Ludmila do Blog Sr. Blep, e agora que li o livro todo, finalizei a resenha lá e vim fazer uma para vocês.

A mais pura verdade me chamou a atenção principalmente sobre as comparações com “A culpa é das estrelas” do John Green, a minha opinião sobre isso: Somente o fator doença e a vida ao redor dela são iguais, a escrita dos dois são completamente diferentes uma da outra, e a abordagem da doença também, o que muda totalmente o sentindo, fazendo cada livro seguir por um caminho.

Bem, a mais pura verdade conta a historia de Mark, um garoto de 12 anos, que convive com uma doença desde os 5, entre os muitos momentos que variam entre ele estar bem e ele estar mal, ele se encontra atualmente em um momento que está mal novamente, e é isso que faz com que ele tome a sua decisão.

O avô de Mark era um montanhista e passou esse seu amor pelas montanhas para o neto, e o maior desejo do garoto é conseguir escalar uma, quando ele não melhora e o avô falece parece que todas as oportunidades se foram, mas Mark decide escalar, juntamente com seu cachorrinho Beau, ele sai de casa ao encontro do Monte Rainier.

Tudo o que sentimos, nas páginas seguintes à dele saindo de casa, é a sua vontade de superar todas as suas dificuldades, principalmente a dor constante. Além da sua vontade de querer viver, viver de verdade, sem hospitais e remédios.

Mas nem tudo acontece perfeitamente quanto ele imaginou, pelo caminho há muitas dificuldades para enfrentar, mas ele descobre que também há muitas pessoas boas.

O livro é contato por duas perspectivas, a do Mark e a das pessoas que ele mais ama, seus pais e sua melhor amiga Jess, que vive em confronto sobre contar ou não o que sabe, o segredo de Mark; salvar a sua vida ou salva-lo da sua vida?

Bem, achei o livro muito lindo e delicado, a escrita realmente parece que foi feita por uma criança de 12 anos (quem leu sabe o porquê de estar falando isso) e Beau é o melhor cachorro do mundo, me lembrou do quanto o amor dos animais, principalmente o dos cachorros, é grande por seus donos.

Aprendi que, talvez, sobreviver ou não, não seja a questão, mas sim dá valor para aquilo que você tem e ama, muitas vezes, somente quando chegamos muito perto de perder tudo isso é que compreendemos o quanto importante é.

Sinopse: Mais Pura Verdade - Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.
Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.

Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier.Nem que seja a última coisa que ele faça. 
A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.

Para comprar é só clicar em um dos links: AmericanasSubmarinoFNAC ou Livraria da Travessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário